Bem-vindo ao nosso Suporte

Faça sua pesquisa digitando palavras-chave abaixo ou veja a nossa base de conhecimento.

S392-Portabilidade: Empresas que já iniciaram a transmissão dos eventos eSocial em outro software

Seguir

Sumário

Sistema: Gerenciador de Aplicativos Prosoft (GAP)

Contexto: Este artigo orienta como, as empresas que já iniciaram as entregas do eSocial em outro software, fazem para continuar o processo de transmissão dos eventos após a troca de Sistema. 

Informações Adicionais: Não se aplica.

Resolução

O Sistema Prosoft permitirá que as empresas que já iniciaram as entregas do eSocial em outro software, continuem o processo de transmissão dos eventos após a troca de Sistema.

Trata-se de uma nova rotina Portabilidade disponível na opção eSocial.

Para o acesso é necessário atribuir a permissão da nova rotina por meio do ‘Gerenciamento de Grupos e Usuários’.

Nesse processo será possível realizar a substituição do código eSocial e faremos a geração dos eventos eSocial XML sem validade, apenas para manter a sincronia dos próximos eventos que serão transmitidos pelo Sistema Prosoft.

Os dados poderão ser extraídos do ‘XML’ eSocial de origem (já declarados ao eSocial), ou na ausência desta informação poderão ser inseridos por meio de uma planilha Excel.

Premissa

  • O sistema Prosoft deve estar atualizado na última versão disponível no Portal de Soluções;

  • Os dados da empresa que passa pelo processo de portabilidade já devem estar devidamente cadastrados no Sistema Prosoft, bem como, configurados para gerar eventos eSocial por meio da rotina: “Parâmetros Gerais > SPED eSocial > Gerenciador” (a nova rotina não contempla a migração de dados);

  • O processo de portabilidade só pode ser executado em ambiente Produção. Em dúvidas verificar a tag <tpAmb> 1 (Produção).

  • Para fazer a portabilidade por meio dos eventos XMLs’ gerados por outro software, deve estar disponível e descriptografado;

  • Utilizar os arquivos XMLs dos eventos. Não pode ser utilizados os arquivos gerados pela rotina de Portabilidade.

  • Verificar se os XMLs possuem informações, pois arquivos em branco que não possuem dados para importar, apresentam a mensagem "Não foram localizados arquivos para atualização dos dados eSocial no sistema Prosoft".

  • Realizar cópia de Segurança da ‘Proemp??’ utilizada e a base de dados SQL. Para realizar o backup do SQL, deve primeiramente parar o serviço no Gerenciador de Tarefas.

 

1- Portabilidade eSocial - Configurações

Antes de iniciar o processo será necessário configurar as informações de Empresas, Cadastros e Tabelas que serão considerados no processo de Portabilidade.

  • Estabelecimentos;
  • Lotação Tributária;
  • Tabela de Cargos;
  • Tabela de Horários;
  • Cadastro de Funcionários;
  • Cadastro de Sócios;
  • Cadastro de Autônomos

Em Social > eSocial > Portabilidade, acesse Configurações para selecionar as informações:

Empresa

  • Serão apresentadas as empresas que já estão configuradas para gerar o eSocial no Sistema Prosoft. Poderá ser selecionado uma ou mais empresas.
  • Sempre após alguma alteração em Configurações as informações devem ser gravadas, pois serão utilizadas nos processos realizados nas demais funcionalidades da rotina: Consultar XMLs, Gerar planilha Excel e Atualizar Informações no Prosoft.

 

2- Portabilidade - Consultar XML

Nesta opção será possível ‘Consultar XML’, dos eventos eSocial já transmitidos para a SERPRO por outro software.

Observação: Se o XML for gerado por outro software deve estar descriptografado. Em caso de ‘XMLs’ gerados pelo Sistema Prosoft, faremos a descriptografia antes de realizar a leitura do XML.

Como consultar o XML?

  1. Em Social > eSocial > Portabilidade, acesse a opção ‘Consultar XMLs’ e escolha o local onde estão os arquivos XML de Envio e Retorno.
  2. Selecione a opção Incluir Subpastas. Serão considerados somente os ‘XMLs’ em ambiente de Produção.
  3. Caso exista mais de um ‘XML’ para o mesmo registro será considerado o ‘XML’ mais atualizado que possui recibo de entrega.

Importante: O programa deve reconhecer apenas os ‘XMLs’ em ambiente de produção descriptografados no formato oficial estabelecido.

Importante: Não serão portados os seguintes eventos:

  • S-1010 - Tabela de eventos (Enviar uma nova tabela do Sistema Prosoft, com início de vigência atual);
  • S-1070 - Tabela de Processos Administrativos/Judiciais;
  • Eventos periódicos, pois esses possuem um tratamento por competência, ou seja, não tem relacionamento com informações já transmitidas por meio de outro software.

S-1200 - Remuneração de trabalhador vinculado ao RGPS

S-1210 - Pagamentos de Rendimentos do Trabalho

S-1250 - Aquisição de Produção Rural

S-1260 - Comercialização da Produção Rural Pessoa Física

S-1280 - Informações Complementares aos Eventos Periódicos

S-1298 - Reabertura dos Eventos Periódicos

S-1299 - Fechamento dos Eventos Periódicos

S-1300 - Contribuição Sindical Patronal

  • Eventos NÃO periódicos, as alterações dos eventos já transmitidos por meio de outro software, não poderão ser alterados.

S-2230 - Afastamento Temporário

S-2250 - Aviso Prévio

S-2299 - Desligamento

S-2399 - Trabalhador Sem Vínculo de Emprego/Estatutário - Término

Ao final da leitura do ‘XML’ será exibida a mensagem com o total de arquivos verificados e o total de eventos considerados.

As informações coletadas no ‘XML’, serão apresentadas em grid no seguinte formato: 

Para gerar o arquivo no formato HTML, clique no botão Gerar HTML.

Os dados apresentados serão utilizados para o preenchimento das informações da planilha Excel que será utilizada no processo de portabilidade.

 

3- Portabilidade – Gerar planilha de Portabilidade por meio da aba ‘Consultar XML’

Por meio da planilha de portabilidade é possível registrar e fazer o relacionamento das informações necessárias para adequar os códigos eSocial utilizados no sistema anterior.

Como gerar a planilha de Portabilidade?

  1. Acesse Social > eSocial > Portabilidade > Consultar XMLs.
  2. Após realizar a consulta dos ‘XMLs’, clique na opção Gerar Planilha de Portabilidade, selecione a pasta para a geração dos arquivos Excel.

 

Lembrando que os requisitos mínimos para as versões do Office compatíveis com o Sistema Prosoft, são os pacotes a partir de 2010 com a instalação Padrão. A planilha criada possui configurações macros, portanto, o usuário deverá habilitar essa opção ao abrir a planilha.

Como habilitar a Macro?

Ao abrir a planilha gerada pela rotina, ou a padrão que fica no caminho indicado na mensagem acima, deverá clicar em Habilitar Conteúdo, conforme imagem abaixo:

 

4- Portabilidade - Gerar Planilha Excel

A opção ‘Gerar planilha Excel’, refere-se à mesma funcionalidade citada no tópico anterior: Portabilidade – Gerar planilha de Portabilidade através da aba Consultar XML, pode ser utilizada para atender a situação de quem não possui eventos XMLs para consulta.

A planilha Excel contém informações relacionadas aos registros de Empresas, funcionários, sócios autônomos e tabelas (Dados extraídos da base de dados do Sistema de Folha de Pagamento Prosoft). Esta será utilizada para registrar e fazer o relacionamento das informações necessárias para adequar os códigos eSocial utilizados no sistema anterior.

Como gerar a planilha Excel?

  1. Acesse Social > eSocial > Portabilidade > Gerar Planilha Excel, clique na opção ‘Gerar’.
  2. Selecione a pasta para a geração do arquivo Excel, deve ser gravado um arquivo para cada empresa, por exemplo:

    Código da empresa (Conforme identificação da empresa no Sistema Prosoft - PRGEMPRESAS.BTR - EP001)

    AAAA-MM-DD - HH.MM (Ano, mês, dia e hora, conforme a geração do arquivo)
  3. O arquivo ‘XML’ de cada empresa contém as guias correspondentes à cada uma das pastas: Empresa, Estabelecimentos, Lotações Tributárias, Tabela de Cargos, Tabela de Horários, Funcionários, Sócios e Autônomos.

ATENÇÃO! A planilha será preenchida automaticamente com os registros identificados no Sistema Prosoft, e as informações relacionadas ao código eSocial e número de recibo deverão ser preenchidas com os dados dos eventos de origem (Eventos já declarados ao eSocial.

O preenchimento será automático, caso seja possível fazer o relacionamento das informações. Se não existir o ‘XML’ de consulta ou não seja possível fazer o relacionamento, os dados devem ser informados manualmente pelo usuário.

Exemplo:

Para os dados de funcionários S-2200 é possível fazer o relacionamento da informação do ‘XML’ pelo CPF, neste caso ao consultar o ‘XML’, os campos da planilha correspondente serão preenchidos automaticamente com o código eSocial, ID e Número do Recibo. Já o evento S-1030, tabela de cargos, não é possível relacionar o código apresentado no ‘XML’ em relação ao que temos na base, orientamos que seja feita a consulta no relatório em HTML e o dado seja informado na planilha manualmente.

 

5- Portabilidade - Atualizar informações no Prosoft

Tem a função de armazenar as informações inseridas na planilha Excel, relacionadas aos códigos eSocial dos registros de empresas, funcionários, sócios autônomos e tabelas, deve ser feita uma atualização no Sistema Prosoft.

Devem ser considerados apenas os registros (empresas, funcionários, sócios e Autônomos) previamente selecionados por meio da opção Configurações.

Como atualizar informações no Prosoft?

  1. Acesse Social > eSocial > Portabilidade > Atualizar informações no Prosoft.
  2. Selecione os arquivos Excel para a atualização.



  3. Antes de iniciar o processo de atualização, marque a opção Backup realizado para criar uma cópia da base de dados cadastrais do módulo Folha de Pagamento, como medida de segurança das informações existentes.

  4. Clique na opção ‘Confirmar’.
  5. O Sistema Prosoft irá associar as informações de Tabelas da empresa da planilha Excel, com o processo que já foi realizado anteriormente e migrar as informações.

Observações:

Se na planilha Excel não existir código eSocial, os campos não serão atualizados.

 

6- Portabilidade - Atualizar informações no Prosoft - XML sem validade

Caso seja necessário alterar a validade de algum evento, deverá ser alterado diretamente no portal do esocial.

Após realizar o procedimento de portabilidade, será criado ‘XML‘ sem validade referente à cada um dos eventos localizados no arquivo Excel.

Esse XML será salvo no caminho: 

?:\PROEMPXX\SOCIAL\XXXX(Empresa)\XXXX(Ano)\XX (Competência ativa informada no Gerenciador)

Estrura do XML: Exemplo:

<?xml version="1.0" encoding="UTF-8" ?>

<eSocial xmlns="http://www.esocial.gov.br/schema/evt/evtPortabilidade/v02_04_02">
<evtPortabilidade Id="ID1264700690000002018082114242500000">
<ideEvento>
<nrRecibo>7575757575</nrRecibo>
<tpAmb>1</tpAmb>
</ideEvento>
<ideEmpregador>
<tpInsc>1</tpInsc>
<nrInsc>26470069</nrInsc>
</ideEmpregador>
</evtPortabilidade>
</eSocial>

Observações:

O ‘XML’ será criado apenas para indicar ao Sistema que houve a transmissão do ‘XML’ predecessor em outro software e com isso o processo de transmissão será desbloqueado para a empresa.

Se o processo for feito mais de uma vez, o Sistema criará um novo ‘XML’ com dados informados na planilha indicada.

Para os registros de alteração que possuem dependência do número do recibo do evento de origem, também será utilizado caso essa informação seja inserida na planilha de importação.

 

7- Portabilidade - Painel de Monitoramento

Na consulta de detalhes dos eventos, no campo destinado à Ocorrências será apresentada informação de eventos de Portabilidade.

 

1- Informação sobre o botão: Visualizar XML

    Por meio deste botão será possível consultar o conteúdo do XML (Sem Validade).

2- Informação sobre o botão: Visualizar Retorno

Caso já exista o evento na solução Prosoft, ou seja, situações em que houve a transmissão antes do processo de portabilidade, será devolvido e a consulta poderá ser feita por meio do botão Visualizar Retorno.

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 10 de 14

Comentários