Bem-vindo ao nosso Suporte

Faça sua pesquisa digitando palavras-chave abaixo ou veja a nossa base de conhecimento.

S345-Recibo de 13º salário para funcionários afastados por doença no exercício

Seguir

Sumário

Sistema: Gerenciador de Aplicativos Prosoft (GAP)

Contexto: Este artigo tem como objetivo orientar o usuário sobre os procedimentos para emissão de 13º salário para funcionários que tiveram afastamento por doença durante o exercício, incluindo as parametrizações do afastamento, assim como o cálculo dos avos de 13º salário na emissão de recibos.

Informações Adicionais: Não se aplica.

Resolução

Tabela de Ocorrências de Prontuário

1- Acesse Social > Folha de Pagamento > Tabelas > Tabela de Ocorrências de Prontuário > guia Parâmetros.

O programa passa a contar a quantidade de avos do funcionário, desconsiderando os avos do período de afastamento. Esta contagem será feita com base nos Registros de Movimentação de Prontuário, sendo que todas as ocorrências que estiverem na linha 006 dos parâmetros da Tabela de Ocorrências de Prontuário serão consideradas para o controle do afastamento por doença.

Registro de Movimentação de Prontuário:

1- Acesse Social > Folha de Pagamento > Manutenção de Arquivos Funcionais >  Registro de Movimentação de Prontuário.

2- Avalie o período de afastamento, no exemplo 05/04/2019 a 19/06/2019.

mceclip0.png

Emissão de Recibos de 13º Salário

1- Acesse Social > Folha de Pagamento > Processamentos > Processamento de Recibos / Resumos > Emissão de Recibos de 13º Salário.

2- Calcule os recibos de 13º salário.

mceclip1.png

mceclip2.png

3- Cálculo dos avos de direito:

Funcionário afastado no período de 05/04/2019 a 19/06/2019.

Para contagem de quantos avos de 13º salário o funcionário terá direito, será realizado a verificação de quantos meses teve saldo de salário de 15 dias ou superior, sendo:

mceclip3.png

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 0 de 1

Comentários