Bem-vindo ao nosso Suporte

Faça sua pesquisa digitando palavras-chave abaixo ou veja a nossa base de conhecimento.

C47-Amarração de contas para DRE no Modelo I

Seguir

Sumário

Sistema: Gerenciador de Aplicativos Prosoft (GAP)

Contexto: Neste artigo são demonstrados os procedimentos para a criação da tabela de Demonstrações (DRE – Mod. I), as Propriedades do Plano de Contas, o relacionamento das contas seja de forma sintética ou analítica na Tabela de Demonstrações DFC/DVA/DRE/DRA.

Informações Adicionais: Não se aplica.

Resolução

Orienta-se ao usuário responsável pela amarração das contas que emita uma listagem do Plano de Contas e uma listagem das Contas de Custos e Resultados Mod.I para melhor identificação das contas a serem amarradas, e faça primeiramente a amarração no papel, para depois aplicá-la no sistema.

Cadastro de Empresas

1- Acesse: Parâmetros Gerais > Cadastros > Cadastro de Empresas

2- Clique na opção Contábil > Informações Gerais

O plano de contas deve estar informado corretamente com a respectiva data de vigência.

Plano de Contas

Acesse: Contábil > Contabilidade > Cadastros > Plano de Contas

No Cadastro de Plano de Contas, as amarrações serão feitas nos grupos de Resultado (Custos, Despesas e Receitas) e nas contas de Estoques (Ativo). Essas amarrações poderão ser efetuadas de forma Sintética ouAnalítica. Entenda a diferença:

  • Conta Sintética: É a conta Título do grupo (Conta Totalizadora) que não recebe lançamentos contábeis, apenas totaliza os saldos das contas analíticas nos relatórios contábeis.

Exemplo de conta sintética:

Nesta amarração, o usuário deve parametrizar apenas a conta sintética, dessa forma, o saldo totalizado de todas as contas analíticas que pertencem a seu grupo será apresentado no relatório.

 

  • Conta Analítica: É a conta utilizada para receber os lançamentos contábeis.

Exemplo de conta Analítica:

Nesta amarração, o usuário deve indicar a conta de resultado para todas as contas analíticas que possuírem movimento e que deverão ser apresentadas no relatório contábil. 

Em um mesmo grupo, não poderá haver amarração Sintética e Analítica ao mesmo tempo, pois isso acarretará duplicidade de informações na DRE.

 

Demonstrações DFC/DVA/DRE/DRA

1- Acesse: Contábil > Contabilidade > Encerramento > Tabelas > Demonstrações DFC/DVA/DRE/DRA
 

Através dessa rotina, o usuário pode consultar as amarrações já existentes, bem como, incluir, alterar e excluir as informações. 

Ao acessar a rotina, é apresentada a seguinte tela abaixo, onde deve ser selecionada a opção DRE – Demonstração de Custos e Resultados – Mod. I.

2- Indique o Plano de contas utilizado pela empresa, para que o grid seja carregado.

O usuário tem a possibilidade de efetuar a inclusão de outras contas para DRE e até mesmo efetuar a criação de outro arquivo de Demonstrativo de Balanço. 

 

Plano de Contas

Acesse: Contábil > Contabilidade > Cadastros > Plano de Contas

O sistema grava as informações no arquivo definido nas propriedades do Plano de contas, conforme imagem abaixo: 

Se o usuário desejar criar um novo arquivo, deverá informar o nome do novo arquivo na guia Propriedades do plano de contas, conforme imagem abaixo:

 

Demonstrações DFC/DVA/DRE/DRA

1- Acesse: Contábil > Contabilidade > Encerramento > Tabelas > Demonstrações DFC/DVA/DRE/DRA

2- Dessa forma, ao acessar a rotina Demonstrações DFC/DVA/DRE/DRA,  selecionar a opção DRE – Demonstração de Custos e Resultados – Mod.I e indicar o plano de contas, o sistema apresenta a mensagem :"Arquivo não encontrado para o plano selecionado. Deseja criá-lo?". 

3- Respondendo afirmativamente, o arquivo é criado vazio e o usuário pode incluir as informações conforme necessidade.

Caso não queira criar o arquivo do zero, o usuário poderá ainda, acionar o botão de geração do arquivo padrão, conforme imagem abaixo: 

 

Demonstrações DFC/DVA/DRE/DRA – Efetuando as amarrações
 

No nosso exemplo de amarração, utilizaremos um grupo de Despesas para demonstrar a amarração Analítica e Sintética.

  • As contas sintéticas são apresentadas em Negrito
  • As contas analíticas são apresentadas na fonte normal

 

Forma Sintética 

No grupo demonstrado acima, temos três contas sintéticas:

  • 59900 - Despesas - Conta Título do Grupo - irá totalizar TODAS as despesas do exercício;
  • 59901 - Despesas com Vendas - Subconta do grupo de Despesas
  • 59902 - Encargos e Salários - Subconta do grupo de Despesas do Exercício - irá totalizar apenas as contas referentes a Encargos e Salários;

Optaremos pela amarração somente dos valores que se refere ao grupo da conta 59902 – Encargos e salários. O usuário deverá indicá-la na conta correspondente da rotina de Demonstrações DFC/DVA/DRE/DRA.

1- Vamos definir que o Saldo Final do grupo 59902 será apresentado na DRE como Despesas Administrativas, que corresponde ao código 906002 da tabela abaixo: 

2- Clique duas vezes na conta que deseja incluir a amarração. 

3- Informe o código da conta no Acesso Contábil > clique na opção [+] > Gravar.

4- Selecione o tipo de Saldo

Esse processo deverá ser repetido para todas as contas sintéticas que o usuário desejar amarrar. Vale lembrar que, quando a conta sintética for amarrada, nenhuma conta analítica desse mesmo grupo poderá ser amarrada.

 

Forma Analítica

O usuário deverá amarrar todas as contas analíticas que devem compor a DRE. Neste exemplo, temos quatro contas analíticas para efetuar a amarração.

Note que, na amarração analítica, a conta 59901 - Despesas com Vendas não foi vinculada, uma vez que, optando pela amarração analítica, a conta sintética do mesmo grupo não poderá ser amarrada.

Neste exemplo as contas analíticas foram amarradas em uma mesma conta da DRE, porém, o usuário poderá utilizar contas distintas da DRE para amarração das contas analíticas de um mesmo grupo.

 

Amarração de Estoque

A amarração de estoque segue a mesma metodologia das demais, com o diferencial apenas nas contas de Estoque Inicial.

Estoque Inicial da conta 11300 - Mercadorias de Revenda

O usuário deve identificar em qual Demonstração fará a amarração, pois para cada uma delas existem grupos específicos, diferenciadas da seguinte forma:

  • Grupo 1 - Demonstração do Custo dos Serviços
  • Grupo 2 - Demonstração de Custo das Mercadorias
  • Grupo 3 - Demonstração de Custo dos Produtos Obtidos
  • Grupo 9 - Demonstração de Resultado do Exercício

No exemplo abaixo, efetuaremos a amarração da conta 11300 - Mercadorias de Revenda na conta 201002 – Mercadorias p/ Revenda - Estoques Iniciais do Grupo 2.

  • Estoque Inicial

No tipo de saldo, deve ser indicado Saldo Inicial.

  • Estoque Final

A mesma conta de estoque 11300 - Mercadorias de Revenda é indicada para amarração na conta 204002 - Mercadorias p/ Revenda - Estoques Finais, também do grupo 2.
No tipo de saldo, deve ser indicado Saldo Final.

Após efetuar a amarração, a coluna Relacionamento será atualizada. Quando tratar-se da amarração de mais de um acesso contábil para mesma conta da DRE, é apresentada a palavra DIVque indica que aquela conta possui diversas amarrações.

 

Observações:

As únicas contas que o usuário não poderá selecionar para receber amarração com as contas do Plano de Contas, são as que estã marcadas na coluna Categoria como Sintético Totalizadora ou Sintético não Totalizadora.Essas contas da DRE não devem receber amarrações, pois são as contas títulos da DRE.

O usuário poderá visualizar na listagem da rotina, as contas que já estão amarradas, conforme imagem abaixo:

Após efetuar a amarração das contas de acordo com a necessidade de cada usuário, a DRE deve ser emitida para que seja verificado se os valores estão em conforme.

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 5 de 14

Comentários