Bem-vindo ao nosso Suporte

Faça sua pesquisa digitando palavras-chave abaixo ou veja a nossa base de conhecimento.

S170-Como realizar o reajuste salarial por dissídio coletivo

Seguir

Sumário

Sistema: Gerenciador de Aplicativos Prosoft (GAP)

Contexto: Neste artigo são demonstrados os procedimentos para realizar o reajuste salarial por dissídio coletivo.

Informações Adicionais: As informações das imagens são apenas um exemplo. Para obter sucesso no procedimento utilize os dados de sua empresa. Os procedimentos aqui executados necessitam da realização prévia de Backup, certifique-se de que o Backup foi realizado e está armazenado corretamente.

Resolução

Existem três maneiras de realizar o Reajuste Salarial por Dissídio Coletivo: Salário Base / Último Dissídio, Salário Admissão e Piso Salarial por CBO. 

Reajuste Salarial

1- Acesse: Social > Folha de Pagamento > Manutenção de Arquivos Funcionais > Procedimentos Auxiliares > Reajuste Salarial 

2- Verifique se a opção "Grava Novo Salário" na opção Salário Admissão está selecionada como “Sim”, pois ao visualizar o relatório de movimentações, automaticamente o salário é atualizado. Isto ocorre quantas vezes forem visualizadas. 

Caso deseje fazer somente uma prévia do reajuste realizado, deve ser informada a opção "Não", desta forma, o programa permite que sejam visualizados os novos salários, porém nenhuma informação será alterada no Cadastro de Funcionários.

1° Situação: Salário Base/Último Dissídio 

Cadastro de Sindicatos

Acesse: Social > Folha de Pagamento > Cadastros > Cadastro de Sindicatos

Para efetuar os cálculos o programa irá considerar os percentuais informados no Cadastro de Sindicatos.

Essa opção deve ser utilizada nas situações em que for determinado pelo Sindicato que o reajuste salarial será efetuado de acordo com a faixa salarial de cada funcionário. 

Por Exemplo: Para funcionários cuja remuneração seja inferior ou igual a R$800,00, será aplicado o percentual de 2% sobre o Salário Base + R$ 10,50 sobre o valor do salário reajustado. 

Porém caso o reajuste seja o mesmo para todos os funcionários, apenas informe na primeira faixa 9.999.999.999,00 e alíquota.

Reajuste Salarial

1- Acesse: Social > Folha de Pagamento > Manutenção de Arquivos Funcionais > Procedimentos Auxiliares > Reajuste Salarial

2- Para o processamento do reajuste selecione a opção: Salário Base/Último Dissídio

• Ficha Financeira: O reajuste será aplicado sobre o valor de salário base existente na coluna da ficha financeira correspondente a competência da data base indicada. 
Cálculo executado se selecionado a opção Ficha Financeira:

                          Salário Base Mês (Ficha Financeira) * Índice Reajuste (do cadastro do sindicato) + Salário Base Atual = Salário Base Reajuste 

• Salário Base: O reajuste será aplicado sobre o valor de salário base atual existente no Cadastro de Funcionários/Salários e Indicadores.

• Último Dissídio: O reajuste será aplicado sobre o valor de último dissídio existente no Cadastro de Funcionários/Salários e Indicadores. (Importante:Acaso no cadastro do funcionário não esteja informado o valor no campo de Último Dissídio, o salário será apresentado zerado).

• Indique a data base: A data base é apenas para que o Registro de Movimentação Salarial fique registrada a informação. Informe a data base do reajuste no formato DDMMAAAA (onde DD=dia, MM=mês e AAAA=ano).

• Indique o Arredondamento: Poderá ser utilizado para informar fator de arredondamento. Por Exemplo: Se informado o fator de arredondamento (1,00) e o resultado do Salário reajustado for 982, 50, o programa fará o arredondamento para 983,00.

• Sindicato: Para esse tipo de reajuste é obrigatório informar o código do sindicato. O mesmo poderá ser selecionado através da seta de pesquisa. O programa irá aplicar o reajuste, somente para os funcionários cujo código de sindicato em seu cadastro, seja igual ao informado em tela. 

• Atualiza Carteira de Trabalho: Quando selecionada essa opção, é possível realizar o controle do motivo do reajuste. Informando “Sim”, o programa habilitará o campo Motivo para alteração de salário, para que seja selecionado o motivo da alteração e consequentemente a alteração será gravada automaticamente na rotina Registro de Movimentação Salarialpara controle da empresa. 

• Inclui funcionários admitidos após o mês desejado: informando SIM, o programa aplicará o reajuste para funcionários, cuja data de admissão seja posterior ao mês e ano informado no campo de data base. 

• Considera Piso Salarial?: Informando "SIM", o programa irá considerar como valor mínimo a ser reajustado o Piso salarial por CBO, informados no Cadastro de Sindicato dos empregados/Dissídio. Por Exemplo: Caso o valor salarial reajustado seja inferior ao Piso salarial por CBO, o programa irá considerar o valor do PISO de acordo com o CBO classificado no cadastro de Funcionários. 

• Grava novo salário: Essa opção é de extrema importância, uma vez marcado essa opção e processado o reajuste, não há como voltar para o valor anterior, por isso é necessário a visualização do relatório antes de marcar essa opção, após marcá-la realizar o reajuste novamente e será gravado o valor. 

• Proporcionalidade: Informando "SIM", o programa calculará o percentual proporcional ao mês de admissão de funcionários admitidos em menos de um ano na empresa. 

• Cálculo: (Percentual / 12 * o número de meses que o funcionário está registrado na empresa).

• Emissão em Ordem Alfabética: Possibilidade de gerar o relatório em Ordem Alfabética, caso esteja "NÃO", a geração será efetuada em Ordem de Código.

  

Registro de Movimentação Salarial

Acesse: Social > Folha de Pagamento > Manutenção de Arquivos Funcionais > Registro de Movimentação Salarial

Nesta rotina poderão ser registradas todas as alterações salariais e alterações de funções dos funcionários, para posterior emissão de etiqueta de atualização da carteira de trabalho.

As informações demonstradas nesta rotina são de acordo com o tipo de Reajuste Salarial realizado.
 

2° Situação: Salário Admissão

Cadastro de Sindicatos

Acesse: Social > Folha de Pagamento > Cadastros > Cadastro de Sindicatos 

Essa opção de Reajuste permite a aplicação de um percentual de acordo com a data de admissão dos funcionários, ou seja, o programa fará a leitura dos percentuais da Tabela de Reajustes Salário Admissão.

Obs: Os demais parâmetros para a impressão e processamento em nada diferem das informações digitadas para a opção Salário Base/Último Dissídio.

 

3° Situação: Piso Salarial por CBO

Cadastro de Sindicatos

Acesse: Social > Folha de Pagamento > Cadastros > Cadastro de Sindicatos

Preencher no campo “Piso Salarial Por CBO”, o código do CBO e o valor do “Piso Salarial".

Reajuste Salarial

1- Acesse: Social > Folha de Pagamento > Manutenção de Arquivos Funcionais > Procedimentos Auxiliares > Reajuste Salarial > Dissídio Coletivo

2- Na guia Dissidio Coletivo, selecionar “Sim” no campo “Considera Piso Salarial”.  

Ao visualizar as informações serão demonstrados todos os funcionários da Empresa, porém somente será alterado os funcionários cadastrados no CBO informado no Cadastro do Sindicato para o Reajuste.

Os funcionários que possuem salário base igual ou maior ao informado no campo CBO será ajustado conforme a alíquota informada no campo “Reajuste salário/Base último Dissídio” do cadastro de sindicato.  

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 3 de 5

Comentários