Bem-vindo ao nosso Suporte

Faça sua pesquisa digitando palavras-chave abaixo ou veja a nossa base de conhecimento.

S133-Transferência de Funcionários entre Matriz e Filial - Grupo Econômico

Seguir

Sumário

Sistema: Gerenciador de Aplicativos Prosoft (GAP)

Contexto: Este artigo contém contém as instruções sobre como realizar a transferência de funcionários Matriz e Filial / Grupo Econômico/Outros, para a geração de eventos do eSocial.

 

Informações Adicionais: Não se aplica. 

Resolução

1- Acesse Social > Folha de Pagamento > Manutenção de Arquivos Funcionais > Procedimentos Auxiliares > Transferência de Funcionários

2- Na tela de Transferência de Funcionários, no campo Tipo de Transferência, após informar a empresa e o(s) funcionário(s), selecione a opção Matriz e filial e clique no botão Processamento.

3- Na tela de Transferência de Funcionários entre Matriz e Filial: 

  • Informe a Data da Transferência
  • Selecione o Tipo: Grupo Econômico / Outros.
    Selecione o tipo de Transferência, podendo ser:
    • Transferência de empresa do mesmo grupo econômico
    • Transferência por motivo de sucessão, incorporação, cisão ou fusão
    • Transferência de empresa consorciada ou de consórcio 
  • Se necessário, selecione os indicadores de Transferências Opcionais:
    • Empréstimo Ativos
    • Movimentações (Salariais e Ocorrências)
    • Ficha Financeira - Exercícios
    • Relacionar Operadora Assistência Saúde
  • Motivo de desligamento: Informe o motivo da transferência.
  • Empresa para a transferência: Informe a Empresa para a qual o funcionário será transferido.
  • Informe o Novo código do funcionário.

4- Após preenchimento das informações acima, clique no botão OK para confirmar a transferência.

 

Atualização dos dados da transferência no Cadastro de Funcionários

Após a confirmação e conclusão do processo de transferência, quando selecionado Grupo Econômico / Outros, os dados serão atualizados automaticamente no Cadastro de Funcionários da seguinte forma:

  

  • Matrícula eSocial: O campo Matrícula eSocial, será preenchido com o novo número de matrícula na empresa de destino, ou seja, para a qual o funcionário foi transferido.
  • Tipo de Admissão: O campo "Tipo de Admissão", será preenchido com uma das opções:
    • Transferência de empresa do mesmo grupo econômico
    • Transferência por motivo de sucessão, incorporação, cisão ou fusão
    • Transferência de empresa consorciada ou de consócio

      Conforme a opção que foi selecionada no processamento da transferência. 
  • O grupo de informações relacionadas ao Trab. Anterior, campos:
    • CNPJ/CPF Empregador
    • Matrícula do Trabalhador
    • Data de Transferência

      Serão preenchidas com as informações da empresa anterior, ou seja, da empresa de origem e com a data de transferência.

 

Atualização dos dados da transferência no Recibo de Quitação

Após a confirmação e conclusão do processo de transferência, quando selecionado Grupo Econômico / Outros:

Ao gerar a quitação zerada e inserir os dados de transferência no Recibo de Quitação, para os motivos de desligamento que possuir o "Código eSocial" igual a: 11, 12, 13, 25, 28, 29, ou 30, os dados serão atualizados automaticamente:

 

  • O campo: CNPJ/CPF Empresa sucessora será preenchido com o CNPJ/CPF da Empresa de destino, ou seja, para a qual o funcionário foi transferido. 

Observações 

  • O Código eSocial será extraído da Tabela de Motivos de Desligamento.

 

 

Trabalhador com vínculo de emprego: Precisa gerar o evento S-2200 - Cadastramento Inicial do Vínculo e Admissão/Ingresso de Trabalhador

Ao realizar a transferência de funcionários entre matriz e filiais, quando selecionado o tipo Grupo Econômico / Outros:

Após a conclusão da transferência, atualização dos dados no cadastro de funcionários e no recibo de quitação, será solicitada a confirmação de geração e transmissão do evento.

 

Caso a transmissão seja confirmada, será gerado o evento S-2200 - Cadastramento Inicial do Vínculo e Admissão/Ingresso de Trabalhador na empresa destino, ou seja, para a qual o funcionário foi transferido, de acordo com as orientações estabelecidas no layout oficial eSocial. 

  • O campo Matrícula do trabalhador, será preenchido com o novo número de matrícula na empresa destino, ou seja, para a qual o funcionário foi transferido.
  • O campo Data de Admissão, será preenchido com a data de admissão na empresa anterior, ou seja, com a data que o funcionário foi admitido na empresa de origem.
  • O campo Tipo de Admissão, será preenchido com a opção que foi selecionada no processamento da transferência.
  • O grupo de Informações da sucessão de vínculo trabalhista, campos:
    • CNPJ do empregador anterior
    • Matrícula do trabalhador
    • Observação

      Serão preenchidos com as informações da empresa anterior, ou seja, da empresa de origem.
    • Data de Transferência: Será preenchida com a data da transferência do empregado.

 

Após a geração do evento, será possível acompanhar os status de envio para SERPRO e de retorno, por meio do Painel de Monitoramento.

 

Geração do evento S-2299 - Desligamento

Ao realizar a transferência de funcionários entre matriz e filiais, é gerada uma Quitação Zerada, conforme a mensagem abaixo:

Ao validar a quitação, após a conclusão do processo de validação será solicitada a confirmação de geração e transmissão do evento.

Caso a transmissão seja confirmada, será gerado o evento S-2299 – Desligamento na empresa anterior, ou seja, na empresa de origem, de acordo com as orientações estabelecidas no layout oficial eSocial.

Se o Motivo de desligamento informado no recibo de quitação possuir o Código eSocial igual a: 11, 12, 13, 25, 28, 29, ou 30 (Conforme Tabela de Motivos de Desligamento), no evento S-2299 será incluso o grupo de informações de sucessão do vínculo trabalhista: 

  • CNPJ/CPF Empresa sucessora: O campo CNPJ/CPF Empresa sucessora, será preenchido com o CNPJ/CPF da Empresa de destino, ou seja, para a qual o funcionário foi transferido, conforme informações do Recibo de Quitação.

Após a geração do evento, será possível acompanhar os status de envio para SERPRO e de retorno, por meio do Painel de Monitoramento.

 

Trabalhador sem vínculo de emprego: Geração do evento S-2300 - Trabalhador Sem Vínculo de Emprego/Estatutário - Início

Ao realizar a transferência de funcionários entre matriz e filiais, quando selecionado o tipo Grupo Econômico / Outros:

Após a conclusão da transferência, atualização dos dados no Cadastro de Funcionários e no recibo de quitação, será solicitada a confirmação de geração e transmissão do evento.

Caso a transmissão seja confirmada, será gerado o evento S-2300 - Trabalhador Sem Vínculo de Emprego/Estatutário - Início, na empresa destino, ou seja, para a qual o funcionário foi transferido, de acordo com as orientações estabelecidas no layout oficial eSocial.

Após a geração do evento, será possível acompanhar os status de envio para SERPRO e de retorno, por meio do Painel de Monitoramento.

 

 

 

 

 

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 16 de 19

Comentários